ENCARAR A VIDA


A morte um dia chega para todos. Da mesma forma que não existem
pessoas iguais também não existem mortes iguais. Para alguns morrer
significa dormir e acordar entre os que amamos num belo lugar. Para
outros é um processo lento, doloroso, triste sem retorno, sem esperança.

A morte é um processo que só ocorre para o corpo orgânico. Este corpo formado de
matéria, átomos, moléculas, células, é parte física do planeta Terra e ao planeta
retomará.

Tenho a minha Fé! É graças a essa Fé que acredito na Alma. Mantém-me viva e anima-
me.  

Todas nós amamos os nossos filhos queridos e diante da sua partida prematura ficamos
feridos para sempre. A Vida e o Tempo que nos acompanha vai atenuando este
sofrimento e, mais tarde, a saudade encosta-se a nós, para nos dizer que temos de viver
sempre com ela. Temos de a aceitar para sempre e com serenidade, porque a Vida que
está latente em nós assim o exige.

o sofrimento será maior quando temos raiva, ódio, rancor e inconformismo. São
sentimentos que nos deixam um travo muito amargo na boca e que nos fazem muito
mal.

o sofrimento também é muito grande quando estamos repletos de sentimentos de
culpa, de interrogações que não têm resposta. Desesperamos quando não acreditamos
em nada, quando nada nos move. Ficamos parados sem esperança, desmotivados.

Deixemos de ter 'medo da Vida! Que os nossos dias sombrios se transformem em luz e
que ela transborde em forma de bondade, criatividade e interesse pelo nosso dia-a-dia.
Façamos um esforço, transformemos a nossa dor em vontade. Nós somos Pais diferentes
porque fomos escolhidos para sofrer mas também para não desistir. Ainda temos muito
para dar.

Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz,
dilacerada pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que se
estou viva é porque tenho de continuar a lutar por um Mundo melhor. Tenho que
transmitir isso a quem me rodeia e convive comigo. Não quero silêncios, não me quero
sentir derrotada.

Sempre que superamos a nossa infelicidade tornamo-nos mental e espiritualmente mais
fortes. É assim que aprendemos a olhar em frente. Coragem é resistência ao medo, à
dor, ao desalento.

Lembremo-nos de Fernando Pessoa: "Morrer é apenas não ser visto. Morrer é a curva da
                                                                                 estrada".           .

Caminhemos pois fazendo da nossa Vida uma caminhada de luta a fim de superar o
nosso desgosto, a nossa inércia, o nosso descontentamento. Vamos prosseguir com
coragem e determinação ... encarar a Vida.

 (Por Maria de Lourdes - Dor de Mãe)

Um comentário:

  1. Oi Lígia...

    nossa dor é imensa,mas temos que buscar forças para prosseguir embora não seja nada fácil daqui pra frente.Somos mães que DEUS preparou pra enfrentar e acreditar que o amor que sentimos por eles nos fazem fortes e corajosas.sim corajosas para enfrentar tamanho sofrimento.amei seu texto e obrigada pela visita,Que DEUS nos estenda a mão e nos permita chorar a saudade dos nossos filhos tão queridos e que nos deixaram tão prematuramente,e que nossos corações ainda que díficil possa amar e seguir a jornada.
    fica em paz!!!

    ResponderExcluir




Crie glitters aqui!


RESSUSCITANDO SONHOS © Copyright 2013. Design by JaahTemplates da Jaah.